Phineas e Ferb Wiki
Eu, Irmãobô
I, Brobot
Eu, Irmãobô (Imagem 412).jpg
Phineas, Ferb e os robôs
Temporada:
Código de produção: 110b
Nº de transmissão: 8
Nº na temporada: 8
Escrito por:
Martin Olson
Storyboards por:
Kent Osborne
Aliki Theofilopoulos
Dirigido por:
Dan Povenmire
Informações da Transmissão
Disney Channel EUA:
6 de Fevereiro de 2008
Disney Channel Brasil:
22 de Fevereiro de 2008
Emparelhado com
"O Cavaleiro Negro"
Mercadorias
Lançamentos em DVD:
A Confusão do Verão
Vamos precisar de mais dias de verão ou de mais gente.

— Phineas Flynn

"Eu, Irmãobô" é o oitavo episódio da 1ª Temporada. Estreou nos Estados Unidos em 6 de Fevereiro de 2008 pelo Disney Channel, e no Brasil em 22 de Fevereiro de 2008, pelo Disney Channel.

Sinopse[]

Com tantas ideias boas para projetos, os meninos decidem criar versões robóticas de si mesmos para conseguirem fazer tudo o que desejam. Enquanto isso, Doofenshmirtz, arrependido por ter enviado muitas mensagens a sua namorada, pensa em um jeito nada convencional de apagá-las.

Enredo[]

Muitos projetos

A cena se abre no quintal dos Flynn-Fletcher, onde Phineas e Ferb estão sentados encostados na árvore com vários projetos em mãos (Parque aquático com praça de alimentação, Zoológico Microscópico, Câmara de Invisibilidade, Túnel ao Centro da Terra). Com tantos projetos e esquemas em mãos e poucos dias de verão, Phineas conclui que não conseguirá executar todos seus projetos antes do verão acabar. Nisso, Ferb apresenta um projeto de cópias robóticas deles e Phineas tem a ideia de criar Phineasdroides e Ferbôs para os ajudarem a tirar as grandes ideias do papel.

Enquanto isso, Perry entra em seu esconderijo usando um elevador na chaminé da casa e se encontra com Papai Noel lá. Chegando no esconderijo, Monograma alerta Perry de que Heinz Doofenshmirtz está tramando algo, pois deu 57 telefonemas nas últimas duas horas, o que é claramente suspeito. Com a saída de Perry, o major revela a Carl um trauma de infância que tem envolvendo Papai Noel.

Na garagem da casa, Phineas e Ferb terminam a construção do aparelho de reprodução de robôs, e com fotos suas, rapidamente dão vida a Phineasdroides e Ferbôs. Com um auto-falante Phineas dá as boas vindas aos robôs e pede para que eles se dirijam ao quintal com os projetos. Em seguida, Ferb ativa o modo de dança e todos os droids começam a dançar.

Perry preso na rede enquanto Doofenshmirtz põe seu plano do ímã gigante em prática

Na Empresa do Malvado Doofenshmirtz, Heinz se mostra aflito sentado em uma poltrona com o telefone em mãos. Ao chegar, Perry logo recebe a informação de seu inimigo que ele está passando por uma crise de relacionamento com sua nova namorada, e aflito deixou 57 mensagens na secretária eletrônica dela, que não tiveram resposta. Ao olhar para o computador de Heinz, Perry se depara com um projeto de ímã gigante. Doofenshmirtz então explica que o projeto não tem nada a ver com o mal, e que ele apenas pretende, com o ímã gigante, deletar as mensagens que deixou, pois algumas delas foram muito constrangedoras. Sabendo que isso não é certo, Perry olha desconfiado para Doofenshmirtz. Chateado, Doofenshmirtz prende Perry em uma armadilha de corda e sai de casa com o ímã gigante gritando: "Azar o seu se não acredita no amor! Azar o seu!".

Perceber uma movimentação estranha no quintal, Candace vai até lá tirar uma satisfação com seus irmãos. Mas ao chegar no quintal, ela se vê cercada por droids de Phineas e Ferb e corre assustada para o quarto do pânico, onde telefona para sua mãe. Linda, por sua vez, não dá atenção a sua filha e apenas diz que irá ver os robôs só quando chegar em casa. Sabendo que tudo desaparecerá antes de Linda chegar em casa, Candace elabora um plano para capturar um robô e usá-lo como prova. O plano é bem arquitetado e a jovem consegue capturar um robô de Ferb com um saco de lixo. Contente, Candace telefona para Stacy a fim contar sobre seu feito. Entretanto, sem ela perceber, o caminhão de lixo chega e o lixeiro leva o saco de lixo ao qual a prova da adolescente se encontra. Logo em seguida, um caminhão de fertilizantes aparece e um homem coloca um saco de adubo exatamente no lugar onde se encontrava o saco anterior.

Franquia de café dos robôs

Usando um spray de queijo, Perry consegue atrair um rato para roer a corda e libertá-lo da armadilha. No quintal, Phineas e Ferb analisam os projetos dos executados pelos Phineasdroides e Ferbôs. Apesar de ver que tudo está correndo da melhor forma possível, Phineas assume sentir falta de "meter a mão na massa". Posteriormente um robô é visto na Cadeira Relaxante que Flutua, projeto que era pra ser executado na próxima semana, e então, os meninos percebem que os droids já finalizaram todos os projetos e agora estão criando seus próprios. Atrelado a isso, os robôs também abrem uma franquia de café a preços exorbitantes.

Do outro lado da cidade, Doofenshmirtz chega a casa de sua nova namorada com o ímã gigante. Para a surpresa de Heinz, Perry aparece na frente do veículo mostrando seu distintivo de espião. Doofenshmirtz logo calcula que a única maneira de Perry escapar da rede era usando o rato para roer a corda. Em seguida, vendo que o agente não irá sair da frente, Doofenshmirtz lança o ímã gigante para esmagá-lo. Felizmente, Papai Noel aparece voando e o ímã é atraído pelo metal do trenó. Confuso, Doof diz que não faz sentido algum Papai Noel estar passando a essa época do ano. O bom velhinho, por sua vez, alega que está na rota de verão, e dá um adeus a Perry antes de sair de cena.

Phineas e Ferb cercado pelos robôs

Enquanto isso, os robôs viciam no café e saem do controle. Aborrecido, Phineas tenta desativar todos os robôs através do computador, e fecha a franquia de café. Porém, Phineas não consegue desativar os droids, que se viram contra eles. Certados por robôs, Phineas pensa que esse será seu fim, até que Ferb tira o controle do bolso e põe todos os robôs para dançar. Finalmente Linda chega em casa e Candace lhe mostra o saco. Ao ver que o que está dentro do saco não é o esperado, Candace leva sua mãe no quintal para revelar os Phineasdroides e Ferbôs. Como de costuma, uma coisa bizarra acontece e limpa o quintal; dessa vez, Papai Noel passa com o trenó e o ímã gigante leva todos os robôs. Ao chegar no quintal, Linda vê apenas Phineas e Ferb dançando, e ironiza sua filha.

Transcrição[]

Para uma transcrição completa de Eu, Irmãobô, clique aqui.

Músicas[]

Galeria de Imagens[]

Clique aqui para ver mais imagens de Eu, Irmãobô.
A galeria de imagens para Eu, Irmãobô pode ser vista aqui.

Créditos Finais[]

Linda pergunta quem quer ver as fotos. Acidentalmente, uma foto de Candace vai parar no aparelho de construção de robôs, e uma Candróide é criada. A garota, ao ver sua cópia robótica, corre para o quarto do pânico e se depara com a robô agarrando o seu ursinho, o Sr. Miggins. Candace, furiosa, pega seu ursinho de pelúcia da Candróide.

Piadas Recorrentes[]

Ué, cadê o Perry?[]

Phineas: O que é isso? O projeto daquele robô que a gente inventou, Ferb, você é um gênio!
Podemos fazer versões androides de nós dois, podemos fazer Phinedróides e Ferbôs.
Ué, cadê o Perry?

Entrada de Perry para o esconderijo[]

Perry entra no "Chaminé-vador" para chegar ao seu esconderijo. De repente, o agente escuta uma voz dizendo para ele segurar a porta. O ornitorrinco percebe que a pessoa que entrou dentro do elevador é o Papai-Noel, e fica contente.

Jingle do Mal[]

Uma Empresa do Malvado Doofenshmirtz!

Informações de Fundo[]

  • Esse episódio revela que Papai Noel faz parte do universo de Phineas e Ferb.
  • Perry mostra gostar do Papai Noel nesse episódios. Já Monograma conta ter uma lembrança ruim do bom velhinho em sua infância.
  • Esse é o segundo episódio em que Ferb não fala. O primeiro é "Phineas, o Veloz".
  • Doofenshmirtz dá as chaves de seu apartamento a Perry para ele não precisar mais quebrar as portas da sala, sendo a primeira vez em que Perry não quebra nenhuma porta ou parede ao entrar. Isso mostra um pouco do desenvolvimento do relacionamento entre ambos.

Candace e sua robô no quarto do pânico

Informações de Produção[]

Estreias Internacionais[]

  • 22 de Fevereiro de 2008 (Disney Channel América Latina)
  • 18 de Janeiro de 2009 (Disney Channel Espanha)

Erros[]

  • Quando o Papai Noel diz: "Ho ho ho, segura o elevador"; sua boca não se mova. O mesmo acontece com Linda quando ela diz: "Quem quer ver as fotos?".
  • O número de robôs varia de cena pra cena.
  • Mesmo com o desaparecimento dos robôs, Linda deveria ter visto a máquina que fez os robôs.
  • Na dublagem brasileira, Candace erroneamente chama o Sr. Miggins de Sr. Riggins.
  • O telefone de Candace funciona perfeitamente no quarto do pânico, onde não deveria ter sinal.

Continuidade[]

  • No elevador que Perry pega com o Papai Noel pode-se ouvir Guitchi Guitchi Gú tocando. Além disso, Doofenshmirtz canta a música enquanto vai à casa de sua namorada. ("Ídolo Pop").
  • Quando os robôs passam a executar os planos que Phineas e Ferb não deram a eles, um Ferbô pode ser visto construindo uma montanha-russa, assim como Ferb faz no primeiro dia do verão.

Alusões[]

  • Eu, Robô: O título deste episódio faz alusão ao filme Eu, Robô, estrelado por Will Smith, e ao livro de mesmo nome de Isaac Asimov.
  • Viagem ao Contro da Terra - O túnel para o centro da Terra é provavelmente uma referência ao filme de 1959.
  • Harry Potter e a Pedra Filosofal - A entra chaminé é semelhante a entrada de Diagon Alley.
  • Os Simpsons - Candace se esconde no quarto do pânico após ver os robôs de seus irmãos. Algo semelhante acontece com Ned Flanders, Rod e Todd, que se escondem no quarto do pânico ao descobrirem que Milhouse e Bart fizeram da casa um lixão.

Trivialidades[]

Elenco[]

designa um personagem que não aparece neste episódio

Anterior:
"Candace Perde a Cabeça"
Episódios Seguinte:
"A Coleção de Moda de Phineas e Ferb"