FANDOM


  (assine)

Jornal dos Tres Estados                

A Newsletter Oficial da Phineas e Ferb Wiki , Edição 17: 9 de Janeiro de 2014
 
Notícias e Informações do Mundo de Phineas e Ferb.
 




Atuais Discussões do Fórum




Cantinho dos Burocratas

Feliz Ano Novo! (Imagem 375)


Feliz 2014 a todos os nossos leitores!

O Que Está Rolando:

  • "Phineas e Ferb" foi a série animada mais assistida nos Estados Unidos entre crianças de 2 a 11 anos e jovens 9-14 anos. Mais um ano de sucesso!
  • O Mattildo resolveu deixar nossa equipe de editores da Folha dos Três Estados. Vai deixar saudades, pequeno Matt.

Retrospectiva 2013

O que foi mais legal em "Phineas e Ferb" em 2013? E o que poderia ter sido melhor? Nossos editores apresentam suas análise de 2013, segundo "Phineas e Ferb"!

Por Alfa9delta

Há um ano eu disse que 2012 não havia sido tão grandioso para "Phineas e Ferb", pois só haviam estreado episódios regulares. Nesse sentido, não dá pra reclamar de 2013, que trouxe a estreia da 4ª Temporada, além do esperado especial "Phineas e Ferb: Missão Marvel".

Durante o ano, foi bom assistir às estreias de episódios da 4ª Temporada, cuja início teve episódios muito bons como "Perry Primitivo", "Mosca na Parede", "Valentão Dedo-duro", e o incrível "Meu Carrão". No entanto, a grande maioria dos episódios foram medianos, como "Cadê o Pinky?", "Nó é Problema Meu", episódios que não foram ruins, mas totalmente "esquecíveis". O Cliptástico 3 também foi uma decepção.

Porém, o grande negativo do ano, pra mim, foi o famigerado "Phineas e Ferb: Missão Marvel". Quem os acompanha nas redes sociais sabe que os criadores e produtores da série estavam empolgadíssimos com esse especial e isso aumentava a expectativa sobre ele, que já era bem alta, pois se tratava do primeiro crossover entre Marvel e Disney. Acontece que o resultado não supriu as expectativas. Para mim, foi um episódio bem mediano, e, o que mais me incomodou foi a "saída do personagem" de Phineas, que veio do nada só pra empurrar a trama pra frente.

Além disso, o episódio foi MUITO promovido nos Estados Unidos, com direito a entrevista coletiva, um video-game interativo em tamanho real, além dos comercias passando na TV, e ainda assim o episódio conseguiu "apenas" 3.8 milhões de espectadores, um número que, apesar de bem alto, continua bem abaixo dos mais de 7 milhões de espectadores de "Através da 2ª Dimensão" conseguiu em 2011, mostrando que a popularidade do programa já não é mais a mesma.

Mas o ano também teve seus pontos altos. "Feliz Aniversário, Isabella" foi, para mim, o melhor episódio do ano, e introduziu uma grande mudança que, se explorada corretamente, pode ser um trunfo para o futuro da série.

Que venha 2014! O que espero pra ver esse ano é o que prepararam pro anual Dia do Ornitorrinco. Não estou muito ansioso para "Phineas e Ferb: Star Wars", pois não sou fã da série de filmes. Mas vamos esperar pra ver no que dá.

Por Diovos

2014 chegou e a wiki completa 3 anos daqui a alguns meses. Realmente, passou muito rápido. Nesse ano comunidade dessa wiki também se assentou mais, os usuários regulares se estabeleceram e acomodaram. Não houve muitos usuários novos, mas a administração mudou bastante, com a entrada de Alfa9delta e a saída de Ajdouble2. A wiki também finalmente atingiu os mil artigos, depois de tanto tempo.
Sobre a série, ela conheceu uma nova temporada, a delas. Na minha opinião, o estilo dos episódios dessa temporada se assemelham muito mais com os capítulos da 3ª Temporada do que com quaisquer outras temporadas. Estrearam vários episódios divertidos, nenhum deles extremamente ruim. O que me incomodou foi a falta de músicas legais, por enquanto, com poucas excessões, como Meu Carrão e Nó Indesatável. Houve vários episódios especiais: o o de ano novo, na minha opinião um episódio bastante fraco, mas valeu por inovar, pois não vemos muitos episódios de ano novo em desenhos; o Cliptástico 3, que por opinião quase unânime foi um fiasco total, com animações flash toscas e live-action; o crossover com a Marvel, que de início não me agradou muito, mas após ver a versão dublada, incrivelmente achei bem legal; e os episódios de Halloween... de um modo geral não causaram muito impacto, já temos um excesso de episódio com esse tema na série. Fora esses, tivemos dois episódios duplos (de 22 minutos): "Pelos Trilhos" e "Perry Primitivo". Ambos são bastante legais, apesar de eu ter preferido o primeiro deles. Gostei bastante do fato dele ter omitido todas as partes que não dizem respeito à Perry/Doof, foi uma coisa nova e morri de rir com as piadas da Groenlândia. O outro, embora tenha os dois enredos, fez valer a pena a parte de Phineas e Ferb com aquela música do Baljeet que imita os efeitos tecnológicos, punk, loucos e sem sentido dos clipes musicais dos anos 80, me lembrou de vários vídeos que vi durante a vida.
Outra coisa que percebi foi que a dublagem melhorou em relação à temporada passada. Ainda não é nenhuma maravilha, mas já é um grande avanço. Então vamos torcer pra que nesse ano de 2014 a versão brasileira de Phineas e Ferb continue melhorando e que a série, que por enquanto não teve nenhuma confirmação de continuação após o fim da 4ª Temporada, ainda tenha muitas surpresas guardadas para nós e que ela continue, divertida, pelo máximo de tempo possível. Um abraço e até a próxima!.

Por PeF001

Na minha opinião, 2013 foi um ano bom para nossa amada série, “Phineas e Ferb”. A série no ano foi basicamente marcada pelo término da 3ª Temporada, o início da 4ª Temporada e pela estreia de seu primeiro crossover. Inicialmente avaliarei o término da 3ª Temporada.

Apagão (Imagem 61)

Cena de “Apagão!”

Em 2013 estrearam apenas cinco episódios de “Phineas e Ferb”, no Brasil, que fazem parte da 3ª Temporada: "Quando Mundos Colidem", "O Que Eu Perdi?", "A Estrada para Danville", "São as Suas Memórias", "Apagão!". De todos esses episódios, certamente o que mais chamou a atenção dos fãs foi "Apagão!". Isso pelo fato dele ser todo... “no escuro”. Eu particularmente não gostei da ideia, no entanto, sei que foi apenas uma forma de fazer algo diferente e os criadores da série não irão repeti-la, por isso não irei criticar muito esse episódio.
Pelos Trilhos Imagem 269

Perry e Lyla em “Pelos Trilhos”

Em relação a 4ª Temporada, eu diria que ela começou muito bem. Diferentemente do esperado, essa temporada parece que não irá focar em um personagem, ou em uma dupla de personagens, como as anteriores (1ª TemporadaPhineas e Ferb, 2ª TemporadaCandace, 3ª Temporada – Doofenshmirtz e Perry o Ornitorrinco). Inicialmente, chamo a atenção para dois ótimos episódios duplos que focam a relação entre Perry e Doof: "Perry Primitivo", onde o cientista e o ornitorrinco se unem para deter um maluco, e "Pelos Trilhos”, onde Perry se une a Lyla Lolliberry para acabar com os planos de Doof e do Professor Parapeito. O início da 4ª Temporada também foi marcado por “Meu Carrão”, episódio movido pela música de mesmo nome, e "Mosca na Parede", um episódio bem divertido. Já o mês de Agosto foi privilegiado com uma bateria de oito episódios simples (cuja duração leva 11 minutos) extremamente engraçados e contagiantes. Dentre esses oito destaco, "Feliz Aniversário, Isabella", onde Stacy descobre o segredo de Perry, e "Amor ao Primeiro Bite" onde Norm se torna a personagem principal. Entretanto, dentre tantas maravilhas, porcarias também apareceram. Os principais fracassos da série “Phineas e Ferb” esse ano, com toda certeza, são seus dois especiais: "Phineas e Ferb: Missão Marvel" e "Phineas e Ferb: Cliptástico 3". Em relação ao especial ao qual une os heróis Marvel e o mundo de Danville, eu me deparei com uma história vazia e sem o nível de ação esperado.
Maia Mitchell elogia Kelly

Maia Mitchell é apresentada ao público

Para mim, o único triunfo de “Phineas e Ferb: Missão Marvel” é a música ‘’ Only Trying To Help’’, que para o Brasil foi dublada com o nome de ‘’Só Tentando Ajudar’’, pela irritante voz da teresopolitana Mariana Féo, que deve pensar que a Candace é uma criança, e por Analú Pimenta, que nunca havia dublada uma música da série anteriormente. Falta de profissionalismo? Talvez. Já em relação ao especial “Phineas e Ferb: Cliptástico 3”, eu só tenho a dizer que a única coisa boa do especial são as músicas. Seria muito mais interessante fazer um especial “Cliptástico” por temporada, já que o "primeiro" foi muito bem recebido pelos fãs. No meu ver, o “Cliptástico 3” foi algo um tanto quanto “forçado” pela Disney Channel americana com o objetivo de promover a atriz Maia Mitchell, que iria estrelar o calamitoso último filme da Disney Channel, “Teen Beach Movie”. Isso porque o último trabalho de Mitchell na Disney foi pela série “Ninguém Merece”, e essa nova geração de fãs Disney, não a conhece. Isso sem falar na chatíssima Kelly Osbourne e na animação em flash mais do que mal feita.

Por TheGabirelZaum

2013: O ano de uma temporada só

Finalmente estamos em 2014, embora 2013 saiu bem rápido: apenas metade da 4ª temporada estreou por aqui. Muitos episódios se destacaram, mas outros não foram tão bons, além de um especial que decepcionou.

Começando com "Perry Primitivo", o início desta temporada foi ótimo, tirando um pouco do foco nos dois meio-irmãos para dar destaque a Perry, Candace e Buford. O grande destaque foi o episódio "Meu Carrão", que marcou os cinco anos desde a estréia da série, e se tornou o episódio mais visto desde Agosto de 2012, ultrapassando "Cadê o Perry? (Segunda Parte)". Porém, o episódio seguinte decepcionou: "Der Kinderlumper" não teve tanto sucesso (ninguém gostou de um episódio que fala sobre beterraba quase metade de seu tempo).

Tô aqui fora

"Tô aqui fora!"

Também houve participações especiais de Parry Gripp em "Bagunça no Quintal", que fazia participações em trocadilhos com seu nome (confundiam com Perry) e cantou a música do episódio.

Depois estreou os episódios sobre abelhas: "Dia das Abelhas" e "História de Abelha". O sucesso deles foi pouco: os dois emparelhados foram menos vistos do que Der Kinderlumper. A história não foi muito boa (como os trocadilhos com abelhas), e piscinas fizeram o primeiro sair do assunto. Mas a série deu a volta por cima com "Enormes Bolas d'Água", o que já poderia se esperar por causa daquela cena de Phineas e Isabella surfando juntos.

Falando em Phinabella, a tão famosa relação teve maior destaque nesta temporada, com "Feliz Aniversário, Isabella", onde Isa deseja o que sempre quis: passar um tempo com Phineas (o que ela consegue no final). Aí, chegamos à metade da temporada, onde Pinky consegue um episódio em "Cadê o Pinky?", fazendo seu trabalho de agente com Agente P e deixando de ser apenas mais um animal a aparecer na série no ano passado.

Norm e Chloe

Dupla robótica

Os seus produtores também inovaram mais quanto a relações: Norm conhece Chloe e Monty aparece novamente com Vanessa, só que desta vez beijando ela (para a loucura dos Ferbnessas). Mas "Obrigado, Mas Não, Obrigado" não agradou com uma história na qual Carl pede a Monty para que seu pai diga obrigado a ele (tão emocionante que quase chorei).

Veio depois "Pelos Trilhos" que, para mim, foi ótimo (menos as músicas, mas já vou falar sobre elas). Mas aí chegou "Phineas e Ferb: Missão Marvel"... Alguns fãs esperaram muito pelo especial, mas seu enredo foi muito rápido (depois de um começo cheio de enrolação). Mas ele não é de se jogar fora, já que é raro um crossover desse tipo acontecer.

Já no Halloween, houve a estréia de "Terrível Trilogia de Terror dos Três Estados" (estranhamente "Drusselsteinoween" foi deixado para este ano) que teve histórias ao estilo da série, mas que deixaram a desejar por serem mais bizarras do que assustadoras, mas eu gostei mais da última com os clones de ornitorrinco do mal. Além disso, estreou "Uma Boa Virada", que foi bom também (e deu mais destaque à Stacy).

Kelly chega no estúdio

Kelly totalmente desproporcional

Fechando com "chave de ouro" (ou será que não?) os episódios de 2013, tivemos o controverso "Phineas e Ferb: Cliptástico 3", onde Kelly Osbourne apresentou no lugar de Doof e do Major. Mas ficou melhor com uma pessoa tridimensional em uma série de animação? Só se for bom uma pessoa desproporcional às personagens. E então a Disney aproveitar este especial para fazer propaganda de uma de suas "estrelas" (ou só mais uma desconhecida da vida) Maia Mitchell na cara dura? Ou ainda o especial inteiro com as duas disparando qualquer coisa enquanto apresentavam os clipes? E os fãs brasileiros enganados que ainda pensam que escolheram os clipes? É por isso que essa edição do Cliptástico foi a pior já produzida.

Quanto às músicas, nada mal. Destaque para Interagir, Rebolar (algum desavisado diria que é um funk carioca devido ao nome) e Meu Carrão. Também curti Tudo é Provável (e sua reprise) e Se Como Mosca Viver. Já sobre a dublagem, não vi nada de errado. Espero que continuem a manter essa qualidade este ano, com os novos episódios da 4ª Temporada.



O Melhor de 2013, Escolhido Por Você!

Resultados obtidos pelas enquetes feitas na última edição da Folha:

Melhores Músicas

1- Só Tentando Ajudar (21 votos - 20%)
2- Meu Carrão (15 votos - 14%)
3- Extraordinária (11 votos - 10%)
4- Asteroides Surfar (10 votos - 9%)
5- Se Como Mosca Viver (8 votos - 8%)
6- Interagir (7 votos - 7%)
7- Eu e Meus Amigos do Mal; Esportes Piramidais; Só Com Ele (Empate - 6 votos - 6%)
8- Nó Indesatável e Bagunça no Quintal (Empate - 5 votos - 5%)
9- Rebolar (3 votos - 3%)

Primeira Regra dos Van Stomms, Vagonete, Der Kinderlumper e A História da Área dos Três Estados não receberam nenhum voto.

Melhores Episódios

1- "Perry Primitivo" (39.48% dos votos)
2- "Pelos Trilhos" (20.69% dos votos)
3- "Feliz Aniversário, Isabella", "Meu Carrão" e "Phineas e Ferb: Missão Marvel" (Empate - 13.79 % dos votos)
4- "Terrível Trilogia de Terror dos Três Estados" (3.45% dos votos)


Arte dos Fãs

Perrywiki1

por MarianaTwinkle
 
 

Atualizações do Mês

Para enviar uma arte sua para a "Folha", entre aqui. Ela pode aparecer na sessão "Arte dos Fãs".

No Mês Que Vem:
  • Críticas dos episódios de Janeiro
  • E muito mais...
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.